Dormir tem sido uma rotina difícil de cumprir, não é verdade? As minhas tarefas tem me deixado com sono atrasado e quer saber? Não tenho resolvido todas elas, exatamente porque não descanso. A concentração pra fazer as coisas é…

Sobre o que eu to escrevendo mesmo? Me desconcentrei. Bom enfim, sei que ultimamente não tenho dormido muito, são diversas tarefas divididas em um mínimo dia de só 24 horas. Vamos pedir uma emenda pra Deus, Ele desconta depois no milênio, porque ta faltando chão pra correr.

Minha prima uma vez me disse: esse ano está mais puxado, estou dormindo super mal. Durmo com a luz acesa estudando, dai não estudo porque durmo. Mas também nem durmo direito, porque acordo pra tentar estudar.

Gosto de dormir, mas também de acordar cedo. As coisas funcionam muito melhores assim, portanto deito muito cedo. Deitar cedo não significa dormir cedo, todos sabem. Em diversas vezes o rolar pra lá e pra cá, é constante, eu me enrolo nas cobertas e pareço um rocambole, prefiro dormir assim, bem empacotadinho. Mas sempre fico um tempão rolando que até destruo o meu cazulo, aliás, dormir com as cobertas bagunçadas não me agrada.

Mas uma hora a gente dorme, difícil prever quando, mas dorme. Quando a pálpebra aqui fecha é um sucesso, pareço um bebê, pode estourar uma bomba do meu lado que não ligo, realmente desligo. E aí vem aquele sono gostoso e os sonhos legais.

Sabe que outro dia eu joguei baralho com meu cachorro, quer dizer, cachorrA! E ela trucou pra cima de mim, veja só. Cadê o respeito? Que cachorrada fazer isso comigo, desgraçada! E eu disse: caia papuda! (de pé e batendo na mesa) Claro que quem caiu fui eu, já era, perdi três tento pra cadelinha.

Em outra noite agitada sonhei que estava de passagem na casa de um amigo, no fim era aniversário dele. Lá estavam presentes minhas tias, que não vejo mais com freqüência, distribuídas em uma grande mesa posta no cavalete e entre elas minha vovózinha. Achei legal, a não ser pelo fato que vovó já dorme em paz, descansa ali no cemitério do São Marcos. E eu no sonho sabia disso, e falei pra ela: ué vó, ta fazendo o que aqui? Falei como quem dá uma bronca em criança, “já pra dentro menina”. Pensa se ela responde “opa desculpe fio, só dei uma saidinha, aquela caixa de madeira tava meio quente, já vou voltar”.

Cada sonho né? Agora, e quando o sonho é na verdade um pesadelo? Faz tempo que não tenho nenhum pesadelo, mas me lembro de ter tido vários, quando criança eu tinha dois pesadelos muito comuns e sempre iguais. Um deles realmente aterrorizante, porque debaixo da casa do meu vizinho aqui, tinha um “diabinho”. Pensa você? Eu só tinha cinco anos e me aparece um diabinho no sonho. AFE!

Era um tradicional com chifres, rabo, pele vermelha, garfo, blusa preta e capa vermelha (essa visão tradicional onde o diabo aparece com uma pequena capa vermelha trouxe um dos seus mais tradicionais apelidos, capeta. Capeta era o diminutivo de capa, um item indispensável do vestuário desse “Personagem”). Eu descia até lá com o Kleber (meu vizinho) pra buscar a bola e dava de cara com ele, era terrível.

O outro sonho que me deixava muito apavorado eu não entendo qual era o motivo de tanto terror. Era uma grande pirâmide de ouro, muito grande. Eu flutuava por cima da pirâmide e girava em torno dela, não que eu me visse voando, mas era a visão que eu tinha, como se flutuasse. Porque eu acordava chorando, chamando a mãe, o pai, a vovó e até a cachorra, ainda não sei. Mas tive esse sonho por muito tempo, todos os dias.

Pesadelo nos faz sofrer, apesar de não ser real traz angustia, medo, terror e inúmeras sensações ruins. Quando estamos nele não sabemos o que fazer para nos livrar. Corremos e às vezes a perna não obedece, gritamos e ninguém escuta, tentamos salvar e não conseguimos. E tudo dói como se vivêssemos realmente aquilo.

Entender o que acontece com o nosso cérebro numa situação dessas, acredito que só conseguiremos com a explicação de quem nos criou. O lado bom disso tudo é que são historias que acontecem no sono, isso significa que não importa o que aconteça e o quanto sofra lá, logo vai acordar e em algumas horas, talvez oito, nove ou dez (inclui os mais preguiçosos nessa) acabou. O sofrimento foi embora e a sua vida está de volta “em suas mãos”. Dormir significa que a qualquer momento podemos acordar.

E os que dormem no pó da terra despertarão… Daniel 12:2

Repetindo: dormir significa que a qualquer momento podemos acordar. Essa é uma promessa feita por Deus, não para mim, ou para alguns, mas para todos. No nosso dia-a-dia o descanso acaba, nós acordamos e temos que seguir com nossas tarefas. Quando Jesus voltar o mesmo acontecerá, não somente com os que realmente dormem em suas sepulturas, falo aqui de despertar espiritual, seremos chacoalhados pelo tremor de terras e despertados pelo alto som das trombetas. Mas a promessa não acaba por aqui, o restante dela diz:

E os que dormem no pó da terra despertarão… Uns para a vida eterna, e outros para a vergonha. Daniel 12:2

Aos que dorme demais, deve ser porque gostam dos seus sonhos. Por se apegarem tanto a eles um Deus justo e amoroso os dará o que procuram, pois são os filhos que Ele tanto ama. Mas para os que anseiam serem despertados, que sonham com o momento do encontro com Ele, não encontro em oração, mas sim um encontro face a face podendo olhar nos olhos de Deus, as promessas são de VIDA ETERNA.

Quando parecer que estou dormindo, não se engane, estou sonhando assim como você! Ele vai vir nos buscar.

Advertisements